Sustentabilidade

Inovação e tecnologia

Feira internacional discute a inovação no setor elétrico brasileiro

Confira os temas destacados pela AES Tietê na FIEE 2017

A+ A-
  • Roberta Tenenbaum, diretora de Inteligência de Mercado da AES Tietê
  • Alessandro Marcus, coordenador de Inovação e P&D da AES Tietê

Participamos da 29ª Feira Internacional da Indústria Elétrica, Eletrônica, Energia e Automação (FIEE), que aconteceu entre os dias 25 e 28 de julho, em São Paulo.  Roberta Tenenbaum, diretora de Inteligência de Mercado, e Alessandro Marcus, coordenador de Inovação e P&D da AES Tietê, representaram a companhia como palestrantes.

Roberta participou do workshop “Adoção de novas tecnologias para uma gestão energética mais eficaz” e abordou a revolução que o mercado de energia vem passando nos últimos anos, na qual o cliente aparece como grande protagonista desse cenário. E, como a mudança, de um modelo centralizado de fornecimento de energia, para outro, distribuído e colaborativo, possibilitou o surgimento de novos modelos de negócios que podem operar nesse mercado.

Entre os pontos apresentados por Roberta, o destaque foi para as novas frentes de atuação da AES Tietê, que envolvem novos modelos de negócios, novos produtos e a aceleração de projetos. Ressaltou que, para suprir as necessidades do mercado brasileiro, a AES Tietê realizou estudos aprofundados sobre o setor elétrico e alavancou a comercialização de energia, posicionando-se como integradora de soluções inovadoras.

Com base nos desafios desse mercado e, pelo novo perfil do cliente, mais exigente sobre a energia que consome, Roberta mencionou a estratégia da empresa focada em três pilares: produtos pronta-entrega, soluções sob medida e produtos verdes. Este último reforça o compromisso da companhia em tangibilizar, cada vez mais, a sustentabilidade aos seus clientes.

“Ao investir em um modelo disruptivo de negócios, conseguimos apoiar nossos clientes em suas demandas por energia limpa, confiável e de baixo custo. Além disso, contribuímos para aumentar a eficiência do setor elétrico, para minimizar os impactos ambientais das nossas operações e para gerar valor aos nossos clientes e à sociedade”, concluiu Roberta.

Inovação e aceleração de projetos

No terceiro dia de evento, Alessandro Marcus palestrou no painel “Startups: nova fonte de ideias e negócios”. Ele falou sobre o programa de aceleração de projetos da AES Tietê, voltado para startups, e apresentou a área de inovação da empresa.

Alessandro destacou os cinco direcionadores tecnológicos da companhia: eficiência energética, energy storage, Internet das Coisas (IoT), geração distribuída e veículos elétricos. Falou sobre o treinamento de mais de mil colaboradores da AES, capacitados em design thinking, e sobre o site Inovação AES. Também divulgou o espaço físico de inovação da AES no prédio do Cubo Coworking, em São Paulo, local escolhido pela companhia para receber os interessados em realizar parcerias de inovação e cocriação para o setor de energia. 

Já sobre a aceleração de projetos de startups, o executivo explicou as fases dos projetos, como seleção, capacitação e a previsão de os produtos dessas companhias estarem no mercado para comercialização. Foram inscritos 233 projetos com foco em cinco grandes áreas: energy storage, internet das coisas, eficiência energética, geração distribuída e veículos elétricos.

Notícias relacionadas

Inovação e tecnologia

A sustentabilidade como protagonista

Confira o vídeo da palestra de Luiz Rielli durante o evento Plataforma Liderança Sustentável

Inovação e tecnologia

Inovação e estudo de caso em aceleração de startups...

AES foi a empresa anfitriã do principal encontro do setor de utilities na América Latina

Inovação e tecnologia

Lenine se apresenta na segunda edição do Energiza...

Projeto pioneiro, patrocinado pela AES Eletropaulo, gera energia por meio de bicicletas

Houve um problema no envio da mensagem.
Por favor, tente novamente.