Sustentabilidade

Ética e transparência

Fórum Global da Criança na América do Sul

AES participa das discussões sobre os direitos da criança

A+ A-

Pela primeira vez, o Fórum Global da Criança (Global Child Forum) foi realizado no Brasil. Sob o tema “Investir em cada criança”, o encontro ocorreu em São Paulo, no dia 04 de abril, e destacou como as empresas podem promover o avanço social e econômico na região, e contribuir para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável na América do Sul. 

Organizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pela Fundação Childhood Brasil, o fórum contou com as presenças do Rei da Suécia Carl XVI Gustaf, presidente honorário do Global Child Forum, e da Rainha Silvia. Reuniu, entre os convidados, 300 líderes de grande representatividade nos setores público e privado.

A AES Brasil marcou presença com uma das empresas convidadas e foi representada por Luiz Eduardo Rielli, Gerente de Sustentabilidade da AES Brasil e Diretor Executivo do Instituto AES. “Na AES, desenvolvemos um trabalho muito sério junto aos nossos fornecedores e parceiros para coibir qualquer tipo de irregularidade em nossa cadeia de valor, especialmente relacionada ao trabalho infantil. Já no Instituto AES, trabalhamos com projetos que promovem a formação do cidadão e fortalecem o dreito das crianças e dos adolescentes.”, ressalta Luiz.

Durante o evento foram apresentados os principais estudos e ferramentas já existentes no mercado, que permitirão avançar nos assuntos relacionados ao tema.

Compromissos da AES com a infância e a adolescência

Somos signatários do Pacto Global e reconhecidos, pela Fundação Abrinq, como uma empresa amiga da criança. Anualmente, realizamos doações ao Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) das cidades localizadas no entorno de nossas usinas. 

Apoiamos projetos voltados à infância e que vão ao encontro do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4 – Educação de Qualidade. Uma das instituições apoiadas é o Centro Educacional Infantil Luz e Lápis, que atende, gratuitamente, crianças de 1 a 6 anos, pertencentes a famílias de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade social. Outro projeto que desenvolvemos, pelo Instituto AES, é o AES Eletropaulo nas Escolas, pensado para atuar como transformador social, ao investir na formação de cidadãos mais conscientes. 

Notícias relacionadas

Ética e transparência

A sustentabilidade na tomada de decisões

AES realiza estudo de mensuração financeira de aspectos socioambientais

Ética e transparência

AES adere aos princípios de empoderamento das mul...

Companhia reforça seu compromisso com a equidade de gênero

Ética e transparência

Relatório de Sustentabilidade 2016 da AES Brasil

Confira o novo Planejamento Estratégico Sustentável e os destaques das empresas do Grupo

Houve um problema no envio da mensagem.
Por favor, tente novamente.