Sustentabilidade

Desenvolvimento das comunidades

Mais de 60 mil peixes serão soltos no Rio Piracicaba

Ação da AES Tietê faz parte da comemoração tradicional da cidade

A+ A-
  • Passeio de barco pelo Rio Piracicaba
  • Pacu-Guaçu (Piaractus mesopotamicus)
  • Curimbatá (Prochilodus lineatus)

Turismo, pesquisa acadêmica, valorização da cultura e preservação do meio ambiente. Essa é a proposta da 20ª edição do Passeio de Barcos sobre o Rio Piracicaba, que acontecerá no próximo sábado, dia 4 de fevereiro.                                                                                                           

O projeto realiza os passeios com a presença de profissionais especializados para orientar os participantes sobre o meio ambiente, a fauna e a flora das regiões ribeirinhas.  

Como parte do evento, que envolve muitos turistas e moradores da região, nós, da AES Tietê, soltaremos no rio Piracicaba 60 mil alevinos (filhotes de peixes) das espécies Pacu-Guaçu e Curimbatá, que estão ameaçadas de extinção. A soltura acontecerá na sexta-feira, dia 3, às margens do loteamento Tamanduá, no reservatório de Barra Bonita. 

Ganho ambiental e social

Na AES Tietê procuramos preservar a biodiversidade aquática das regiões onde atuamos, por isso, mantemos há mais de 15 anos o Programa de Manejo Pesqueiro. Nosso objetivo é fazer a manutenção reprodutiva, genética e ambiental de seis espécies nativas de peixes, além de monitorar a qualidade da água em nossos reservatórios. 

Anualmente, repovoamos nossos reservatórios com 2,5 milhões de alevinos. Isso possibilita manter a produção pesqueira dessas regiões, gerando renda para as comunidades locais. Também adequamos nosso processo de repovoamento de alevinos e desenvolvemos novas tecnologias de piscicultura. 

Para o Gerente de Gestão de Ativos de Reservatórios da AES Tietê, Antônio Carlos Garcia, estamos alinhados com os idealizadores do evento no que diz respeito à conservação da biodiversidade da região. “Nosso objetivo é promover a preservação dos recursos hídricos,do meio ambiente e semear a conscientização ambiental entre a população, principalmente às margens de rios tão importantes para o sustento das nossas cidades”, explica.

 

 

Notícias relacionadas

Desenvolvimento das comunidades

Preservação ambiental em comemoração ao Dia da Árvo...

Eventos do Instituto AES e da AES Tietê promovem plantios de mudas nativas frutíferas

Desenvolvimento das comunidades

Ações voluntárias que iluminam e transformam vidas

Instituto AES e Litro de Luz levam solução de iluminação à comunidade de baixa renda

Desenvolvimento das comunidades

Apresentações artísticas agitaram a cidade de Borac...

Instituto AES e AES Tietê são apoiadores do projeto Artes Integradas

Houve um problema no envio da mensagem.
Por favor, tente novamente.