Sustentabilidade

Novos negócios

Energia em Foco - O futuro da energia é renovável

Novas tendências no setor energético

A+ A-
  • Ítalo Freitas, presidente da AES Tietê

Que o Brasil possui um potencial energético enorme, nós já sabemos. Também é fato que o setor elétrico vem passando por profundas transformações, no mundo todo. Mas, como atender à crescente demanda por energia de qualidade e garantir uma matriz energética limpa, confiável e sustentável? Mais do que isso, como se adequar às necessidades dos clientes, cada vez mais exigentes, empoderados e que passam, também, a gerar a própria energia?

Todas essas questões foram debatidas ontem, 11 de maio, no Energia em Foco Cenários, evento realizado em São Paulo pela AES Tietê, com a participação de representantes de diversos órgãos do setor elétrico.

Foco no cliente e novos modelos de negócio
A abertura do evento foi feita pelo presidente do Grupo AES Brasil, Julian Nebreda, seguida pelas apresentações de Jan Vrins, global energy pratice leader da Navigant, e de Guilherme Rocha, gerente sênior da Accenture Consulting Utilities.

Julian destacou a importância da inovação nesse novo modelo de negócios. “Com o cliente empoderado, muitas empresas surgem para atendê-lo e, consequentemente, cresce a concorrência. Por isso, trabalhamos com a inovação para criar novas soluções”.

Para Jan Vrins, o cenário é positivo. “A chegada de novas soluções, como geração distribuída, microgrids, armazenamento de energia, eficiência energética e veículos elétricos traz excelentes oportunidades para o mercado energético brasileiro”.

Já Guilherme falou sobre a importância em acompanhar o que está acontecendo em outros países. “Nos próximos anos, as características do modelo energético brasileiro deverá se aproximar, cada vez mais, do que é praticado no mundo. O desafio é entender os modelos de negócios que geraram valor”.

Diversificação da matriz
Após as palestras, Eduardo Azevedo, secretário do Ministério de Minas e Energia (MME), Luiz Eduardo Barata, diretor do Operador Nacional do Sistema (ONS), Rui Altieri, presidente do Conselho Administrativo da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), Edvaldo Santana, presidente Executivo da Associação Brasileira de Grandes Consumidores de Energia, e Ítalo Freitas, presidente da AES Tietê, participaram de um painel para debater os temas apresentados.

Foi consensual entre os participantes que as fontes renováveis são protagonistas do futuro da energia, não só no Brasil, mas no mundo. E que a diversificação da matriz impulsionará o mercado energético a ir além do que é oferecido hoje para o crescimento dos negócios e da economia. Isso envolve um olhar diferenciado para o cliente, inovação, investimentos em novas tecnologias, mitigação dos impactos ambientais e inclusão social.

“A energia é o que impulsiona o país e estamos no caminho certo para a retomada da economia. Na AES Tietê, continuamos apostando nossa estratégia de crescimento na gestão de ativos e em ganhos de eficiência. Estamos nos preparando para atender às demandas do mercado e oferecer uma nova forma de energia aos nossos clientes e parceiros”, enfatizou Ítalo Freitas.

Ítalo também reforçou que o Energia em Foco Cenários vem se consolidando ano após ano na agenda da empresa. "Para nós, é fundamental reunir especialistas da companhia, agentes do setor, clientes e demais públicos de relacionamento para, juntos, refletirmos sobre desafios, tendências e novos caminhos", finalizou.

Notícias relacionadas

Novos negócios

Os desafios da energia solar fotovoltaica no Br...

AES Tietê apresentou seu portfólio de produtos e estratégia de crescimento em fontes renováveis durante o ...

Houve um problema no envio da mensagem.
Por favor, tente novamente.